Estufa Inteligente (provisório)
Bárbara Geovanna Alves Cavalcante
p4rkj13un@gmail.com
Juliano Cezar Cavalcante de Menezes
julianocezar00@gmail.com
Caio César Mendes Pereira
caiocesarpereira6@gmail.com
A vida na cidade possui algumas dificuldades, como o pouco tempo disponível e, na maioria das vezes, a falta de espaço ou de um lugar adequado para preservar o meio ambiente através do cultivo de plantas. Mesmo assim, nós, enquanto habitantes do planeta terra, devemos preservar nosso lar, e garantir que o nosso desperdício de recursos naturais seja compensado – e não há nada melhor para fazer isso do que plantando.
Analisando a problemática, elaboramos a ideia de construir uma estufa automatizada, que poderia ser implantada até mesmo em lugares como lofts ou apartamentos.
Essa estufa seria responsável por proporcionar luz, controle de temperatura, rega e outros recursos necessários para a sobrevivência da planta dentro da residência.
A sua função, além de garantir os recursos necessários para o crescimento da planta, iria oferecer melhorias para a vida dos moradores. Isso porque o sistema de ventilação seria responsável por propagar o oxigênio dentro da residência, além de que a estufa em si seria uma forma de umedecer o ar, e garantir que os utentes tivessem melhores condições de saúde.
Visto que seria implantada dentro de uma residência, muitas vezes é difícil oferecer à planta o que é necessário para seu cultivo (como boa iluminação, quantidade certa de água, controle da ventilação e outros). Então, a estufa seria responsável por auxiliar o usuário, garantindo que a planta tivesse todas as necessidades suprimidas, sem depender exclusivamente do controle humano. Ela realizaria todos os processos (como a troca gasosa através da fotossíntese) naturalmente, visto que os recursos seriam disponibilizados pelo próprio sistema. Assim, espera-se também aumentar a preservação ambiental e melhorar as condições de saúde.
Na estufa, seria acoplada uma espécie de "caixa de controles", cuja função seria proporcionar ao usuário a experiência de configurar as necessidades da planta de acordo com sua espécie, além de se certificar de que todos os requisitos estão sendo cumpridos.
O interior seria feito com um material resistente, tipo acrílico e/ou silicone. A parte externa, seria composta por MDF e, dentro da caixa de controles, estariam os equipamentos eletrônicos.
Aduino, Fios, Resistores, Protodoard, Leds, LDR
Alguns equipamentos como: Relé 5VDC 220VAC, botão de liga/desliga, fonte, Lâmpada de led, 2 Coolers, sensores, válvula solenóide e outros.
1 – Elaboração da proposta; ✔️
2 – Definição dos materiais a serem usados e primeiros estágios da documentação; ✔️
3 – Desenvolvimento do protótipo; ❌
4 – Discussão acerca dos erros e acertos, pontos positivos e negativos, e outros; ❌
5 – Inicio do desenvolvimento do projeto, baseando-se na análise da etapa 4; ❌
6 – Testes/verificação; ❌
7 – Documentação final; ❌
8 – Conclusão do projeto. ❌

Atividades recentes