As plantas são seres fundamentais para o desenvolvimento de qualquer forma vida inteligente na terra e fora dela, visto que elas são responsáveis pela produção de oxigênio, alimentos, combustíveis entre outros. Porém, diante dos problemas climáticos em diversas regiões do mundo e a possibilidade do homem colonizar outros planetas, como Marte, motivou o desejo de desenvolver uma solução capaz de monitorar, analisar e controlar os principais fatores que influenciam o desenvolvimento desse tipo de organismo.


Projeto consiste na criação de um sistema autônomo capaz de coletar, analisar e controlar as principais variáveis responsáveis pelo desenvolvimento desse tipo de organismo em qualquer ambiente. A coleta é feita por meio dos sensores do sistema, o processo de análise e feito pelo microcontrolador da plataforma Arduino e o controle é realizado através dos atuadores do sistema, que são divididos em processos de iluminação artificial, irrigação, ventilação e exaustão.

Com o desenvolver do projeto, utilizamos a plataforma de prototipagem open-source chamada Arduino, com um hardware e software fácil de usar. Além disso, foi preciso o uso de protoboards, componentes eletrônicos, principalmente o LED (Light foi Emmitting Diode – Diodo Emissor de Luz), que será um dos principais componentes do nosso sistema, onde atuará na iluminação artificial, sensores de luminosidade, temperatura (DHT11) e Umidade do Solo. Outros componentes importantes que foram necessários são a mini bomba de água, que irá funcionar no sistema de irrigação das plantas, e os Coolers, que estará no sistema de ventilação e exaustão. Depois, foi confeccionada uma mini estufa, utilizando o material MDF, com o objetivo de isolar o meio interno do externo.

Foi desenvolvido um algoritmo utilizando a respectiva linguagem suportada pela microcontroladora do Arduino, que analisa uma média gerada pelos sensores comparando-os, por meio de estruturas condicionais, com os valores pré-estabelecidos e por fim, o programa executa alguma função como, optar por utilizar o sistema de iluminação artificial caso a iluminação natural não seja suficiente, emitir um sinal de alerta e ativar o sistema de exaustão caso a temperatura ambiente esteja elevada,
iniciar o sistema de irrigação caso o solo esteja seco.

Atividades recentes